À’BALADIÇA, novo disco dia 17 Jan. 2018

À'BALADIÇA, novo disco a partir dia 17Jan. 2018

À'Baladiça...Novo Disco
A 10ª edição discográfica José Barros Navegante estará disponível dia 17 de Janeiro de 2018, em Apresentação na FNAC do C.C. Colombo ás 18.30h.
Em estúdio desde 2016, este próximo disco comemora em 2018 os 25 anos de existência e de trabalho do projecto (24 anos de edições - 1º disco em setembro de 1994), 10 edições e muitos espectáculos em Portugal e por esse mundo fora.
Será um disco diferente este que se avizinha: 11 temas originais de José Barros, com três parcerias nos textos: Amélia Muge, Teresa Muge e Camilo Pessanha. Os restante são de José Barros que assina ainda todas as músicas do novo disco.
Por ser um disco de originais, não tem pela primeira vez nos discos do JBNavegante temas tradicionais portugueses, mas tem, esperamos nós, a sonoridade de sempre: o som Navegante, os instrumentos tradicionais de corda portugueses, os ritmos tradicionais portugueses, a mesma forma de cantar, a mesma atitude dos músicos que fazem parte deste projecto e que mais uma vez serão os mesmos (com um ou outro convidado): Miguel Tapadas (pianos acordeão e sintetizadores); Abel Batista na bateria e percussões; Vasco Sousa (contrabaixo); Pedro Batalha (baixo eléctrico); Carlos SantaClara no violino. Depois os convidados (alguns já habituais): Rui Júnior (percussões); José M. David (flautas, acordeão e gaitas de foles); Rui Vaz (voz); G. Cantadores Aldeia Nova de S. Bento (coral); Mimmo Epifani (itália, bandolinista); Mario Salvi (Itália,organetto - concertina); Rão Kyao (flautas de cana); Armindo Neves (guitarra eléctrica); Miguel Veras (violas acústicas); João Frade (acordeão); Samuel, Carlos Alberto Moniz, Sofia David, Lena Mendes, Lena Pratas.

____________________

Texto de Armando Carvalheda, sinopse do CD d'À'baladiça

"Um disco, cada disco, nunca é apenas mais um na vida de um músico.
Como crónicas que vão sendo escritas no diário de bordo das viagens empreendidas nas rotas da vida de quem está na Música por paixão, os discos que se gravam; as palavras que se escrevem; as músicas que se compõem, acabam por ser sinais deixados ao vento à atenção de quem os queira decifrar, interpretar e, mais que tudo, sentir.
De repente, ao olhar para trás, sou confrontado com dezenas de discos que José Barros iluminou com o seu talento de compositor, de intérprete, de instrumentista, de arranjador, de produtor, eu sei lá...
Vejo-me assim envolvido por um universo de cantigas que me interpelam, que me desafiam, que me convidam, aqui e além, à reflexão. Não há muitos músicos entre nós com esta capacidade de nos tornar cúmplices, e por isso participantes activos, do seu trabalho criativo.
Se alguma dúvida tivesse ( e não tenho! ) sobre a genuinidade e coerência do que tem feito na Música e pela Música desde que na década de 80 do século passado ( como o tempo passa... ) se deixou envolver e encantar pelos nossos instrumentos tradicionais e pelas raízes da nossa memória, bastava ouvir "À'Baladiça" porque afinal tem tudo o que se espera deste músico nosso e do mundo; deste autor superlativo a quem todos devemos muito.
Pelo menos os que gostam de Música e dos músicos que lhe dão vida.
Obrigado José Barros. Obrigado Amigo.
Contigo e por ti dá vontade de exclamar Viva a Música!"

Ficha técnica:

À’BALADIÇA

1.   Músicos, cravos e rosas                       3’11

José Barros_ Arr: J.Barros

2.   PASSAM HORAS PASSAM DIAS                   5’16

Amélia Muge / José Barros_ Arr: J.Barros / MTapadas

3.   À’BALADIÇA                                                       5’16

José Barros_ Arr: J.Barros

4.   UM CANTO À DOR                                            5’16

José Barros_ Arr: J.Barros / Mimmo E.

5.   VIAGEM AO CENTRO DO PEITO                  4’17

Amélia Muge / José Barros_ Arr: J.Barros / Armindo N.

6.   PORQUE O MELHOR                                        5’21

Camilo Pessanha / JBarros_ Arr: J.Barros./MTapadas

7.   dIZ O ROTO AO NÚ                                          2’58

José Barros_ Arr: J.Barros

8.   O Vira VAI e Vira Bem                                   4’00

José Barros_Arr: José Barros

9.   O DITO POR NÃO DITO                                  2’58

José Barros_Arr: J.Barros

10.  MAZAGÃO                                                           3’40                

José Barros_ Arr: J.Barros

11.   FLOR DE PEITO                                               3’33

Teresa Muge / JBarros_ Arr: J.Barros

 

À’BALADIÇA

Produção e                   

Direcção musical            José Barros

Gravação                       Miguel Salema / José Barros

Misturas e  

Masterização                 António Pinheiro da Silva

Grafismo e ilustrações    Ivone Ralha

Fotos                            Rui Moreno

 

Navegante:

José Barros....….....       voz, braguesas, cavaquinho, guit. acust. e campaniça

Miguel Tapadas.... .        piano, acordeão e sintetizador  

Abel Batista.……...        bateria e percussões

Vasco Sousa……....        contrabaixo

Pedro Batalha.…….        baixo

Carlos Santa Clara..        violino       

 

    

Músicos Convidados:

José M. David………      voz, flautas, small pipe, bombardino, acordeão

Mimmo Epifani……..      bandolim, bandola (vozes “Viagem...”)

Rão Kyao................      flauta

Miguel Veras...….....      guitarras acústicas

Armindo Neves……..      guitarras eléctricas em “Viagem...”

Mário Salvi..............      organetto (concertina italiana)

Rui Júnior……………     percussões

João Frade...............      acordeão (em “Mazagão” e “Viagem...”)

Rui Vaz..................      voz alto em “À’Baladiça” e “Diz o Roto ao Nu”

Carlos A. Moniz,

Samuel Quedas, Rui

Vaz e José M. David..     coro

Helena Mendes, Sofia

David e Helena Pratas     coro

        

Gravado no Estúdio da Ribeira em Sintra e nos Estúdio da Planície em Palmela, por José Barros e Miguel Salema (c/ajuda de Miguel Barros).

Misturado por António Pinheiro da Silva entre Julho e Setembro 2017.

Distribuição Tradisom